Hildo Rocha destaca nova denúncia de espionagem no governo Flavio Dino

O deputado federal Hildo Rocha voltou a denunciar possíveis crimes praticados pelo governo do Maranhão. O parlamentar enfatizou que a participação do Governador do Estado está evidenciada por meio de fatos, e comprovada com provas documentais.

“Descobriu-se, recentemente, documentos expedidos pelo comando da polícia militar determinando o monitoramento de políticos adversários do atual governador, além dos promotores e juízes  eleitorais. Agora, estamos diante de novas e gravíssimas denúncias de uso indevido da polícia civil para a prática de espionagem com objetivos políticos. Há uma portaria assinada pelo próprio governador Flávio Dino requisitando o João Sérgio Pimentel Pereira, investigador da Polícia Civil, para ficar à disposição da Secretaria de Articulação Política do Governo. Isso é gravíssimo, é mais uma prova do uso de agentes da segurança pública do Estado em busca de proveito particular do governador. O que justifica a existência de um investigador de polícia na articulação política?” Questionou Hildo Rocha.

Crimes comprovados 

Os fatos, as evidências e os documentos confirmam o uso de agentes públicos em desvio de função e são suficientes para  que o ministério público faça denúncia de crime de responsabilidade e de improbidade administrativa, contra Flávio Dino. “Ainda confio no Ministério Público. Acredito que o órgão irá trabalhar firme para apurar essas irregularidades”, disse o parlamentar.

Violência crescente

Rocha destacou que em vez de cuidar da segurança pública o governador Flávio Dino tira os policiais das suas verdadeiras funções para trabalharem em outras finalidades. “Portanto, quero registrar o meu repúdio em relação ao uso de policiais militares e civis, na política no Maranhão. Recentemente uma criança de apenas 7 anos de idade levou um tiro no olho quando saía da igreja em São Luis e morreu. Um delegado da polícia federal foi assassinado; o ex-secretário da administração penitenciária, o delegado Uchoa sofreu tentativa de assalto. Esses são apenas alguns exemplos que confirmam o aumento da criminalidade na capital maranhense”, afirmou Hildo Rocha.

Hildo Rocha defende melhorias na formação dos policiais

O deputado federal Hildo Rocha, que é membro da Comissão Especial destinada a estudar e apresentar propostas de unificação das polícias civis e militares, participou do Seminário Internacional de Segurança Pública, atividade que foi realizada em Brasília como parte dos trabalhos da Comissão.

Ao final do evento, o deputado reforçou a sua crença de que pelo menos três pontos essenciais precisam ser imediatamente alterados: 1) ementa adequada e duração dos cursos de formação dos policiais; 2) valorização do serviço de inteligência; 3) investimentos nos recursos humanos. “Na Alemanha, por exemplo,  o policial é formado em três anos. Já no Brasil, a formação é concluída em tempo muito menor, geralmente em um ano apenas”, disse o parlamentar.

Formação inadequada

Rocha destacou que no quesito formação de policiais o Maranhão é um exemplo negativo. “O governador quer formar policiais militares em apenas seis meses. É claro que em tão pouco tempo os policiais não serão devidamente preparados para o exercício de atividade tão complexa. Então, nós temos que rever isso, mudar a legislação para fazer com que os Estados da nossa Federação venham a formar os policiais de forma correta”, argumentou.

Polícia eficaz

Durante os debates, foram apresentados modelos de funcionamento das polícias da Alemanha, Áustria e da França, países que registram baixos índices de criminalidade. De acordo com dados apresentados pelos palestrantes, na Alemanha, por exemplo desde o final da segunda guerra até hoje (73 anos), 340 policiais morreram no exercício das suas atividades.

“No Brasil esse número é registrado em apenas um ano. Infelizmente essa é a realidade. Portanto, precisamos repensar com urgência o modelo de segurança que é praticado no Brasil. A unificação pode ser a melhor solução”, afirmou Hildo Rocha.

Em audiência com Hildo Rocha, ministro garante apoio aos maranhenses desabrigados

O deputado federal Hildo Rocha voltou a se reunir com o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua, para solicitar agilidade nas ações de socorro às famílias desabrigadas pelas enchentes no Maranhão. “O ministro nos garantiu que já na próxima semana fará uma visita ao Maranhão e, na oportunidade, irá fazer a entrega de kits para famílias que ainda estão impossibilitadas de retornaram para as suas casas”, disso o deputado.

Água Para Todos

Hildo Rocha destacou ainda que voltou a cobrar agilidade na liberação de recursos para a execução de projetos no âmbito do Programa Água Para Todos, projeto do governo federal cuja execução está sob a responsabilidade do Ministério da Integração Nacional.

O parlamentar cobrou também  a liberação de recursos para melhoria de caminhos de acesso, pavimentação de vias urbanas e rurais e construção de açudes nos municípios do Maranhão . “Temos um grande volume de projetos que irão beneficiar as sedes e também as zonas rurais de inúmeros municípios. Muitos projetos estão paralisados, dependendo apenas de soluções administrativas e orçamentárias. Para a nossa felicidade, o ministro recomendou aos seus assessores que agilizem as soluções para que a população maranhense possa ser beneficiada, mais ainda, por meio desses ações do governo federal”, informou Hildo Rocha.

Agricultores de Duque Bacelar recebem máquina agrícola adquirida com emenda parlamentar de Hildo Rocha

O deputado federal Hildo Rocha viabilizou, por meio de emenda parlamentar, os recursos para a compra de uma patrulha mecanizada que foi entregue, neste final de semana, para o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Duque Bacelar.

Além de Hildo Rocha compareceram ao ato a deputada estadual Graça Paz, o médico Chico Burlamaqui e sua esposa, Maísa Burlamaqui; os vereadores Raimundinho e Heloizo 100%, o superintendente da Codevasf, Jones Braga, o presidente do STTR João Rocha, membros da diretoria e populares.

O deputado Hildo Rocha ressaltou que o uso correto da máquina será fundamental para que os objetivos sejam alcançados. “Essa máquina, se for bem administrada, vai aumentar a renda das famílias que vivem do uso da terra”, destacou o parlamentar.

Produção e renda

Hildo Rocha destacou ainda que a data da entrega, próximo ao dia do Trabalhador, tem um simbolismo muito grande. “Ninguém trabalha mais do que os trabalhadores e trabalhadoras rurais porque é um trabalho puxado, cansativo. Agora, com essa máquina eles vão poder melhorar as condições de trabalho e aumentar a renda porque aquilo que iriam fazer com a força seus braços eles vão fazer com uma máquina eficiente”, declarou o deputado.

Jones Braga, superintendente da Codevasf, órgão responsável pela entrega dos equipamentos, lembrou que a patrulha mecanizada é composta por: um trator; grade aradora; carreta (reboque).

A deputada Graça Paz, destacou o esforço de todas as pessoas que contribuíram para a conquista, parabenizou a diretoria do STTR e lembrou que também tem defendido os interesses da população de Duque Bacelar e do Maranhão.

Após “Fake News” Roseana dispara: “o povo maranhense me estimulou a ser candidata ao governo”

A pré-candidata ao governo do Estado Roseana Sarney (MDB), em conversa com o titular do blog, negou que tenha desistido de concorrer as eleições de 2018 e credita o “Fake News” aos que ocupam o Palácio dos Leões.

“Sou pré-candidata sim ao Governo do Maranhão, é uma decisão minha, do MDB, do meu grupo político e dos meus amigos.  O povo maranhense me estimula cada vez mais”, afirmou.

Após recente pesquisa para análise interna do MDB maranhense,  Roseana  demostra animo e nos apresentou o resultado de como está a corrida eleitoral para o governo do Maranhão e também para as duas vagas de senador do Estado.

Coligações

Roseana disse que as coligações costumam ser “frágeis”. “Não temos pressas, estamos abertos a qualquer apoio e coligação, dentro da nossa visão moderna e correta de não botar a carroça na frente dos bois. O que interessa é termos parceiros, o apoio que sempre tive da população maranhense, credibilidade e serviço prestado”, finalizou.

Roseana acompanha sua mãe que será submetida a um procedimento cirúrgico no quadril, fora do Estado. Na segunda quinzena de maio ela retorna a caravana da guerreira pelo interior maranhense.

E o trabalho não para, Hildo Rocha reivindica construção de casas para Quilombolas

O deputado federal Hildo Rocha se reuniu com a Secretária Nacional de Habitação, Socorro Gadelha, com a finalidade de conseguir a ampliação de oferta de casas rurais para Quilombolas e a expansão de benefícios para usuários do Programa Cartão Reforma. Também participaram da reunião o deputado estadual César Pires; o prefeito de Estreito Cícero Neco (Cicin); as vereadoras Sabrina e Mariana; a presidente da Associação das Comunidades Negras Rurais  Quilombolas do Maranhão (Aconeruq), Maria Eunice Machado (Dona Nice) e o representante da Fundação Palmares no Maranhão, Alan Ramalho.

“No próximo mês de maio teremos outro chamamento público para ofertas de unidades habitacionais rurais em comunidades Quilombolas. Nesse novo chamamento pretendemos garantir uma quantidade bastante expressiva de casas para essas localidades. Nós alinhamos os procedimentos que deverão ser adotados para alcançarmos esse objetivo”, destacou Hildo Rocha.

Programa Cartão Reforma

Hildo Rocha explicou que na última chamada para credenciamento ao Programa Cartão Reforma apenas dois municípios maranhenses foram contemplados: São Luís e Buritirana. “Nós acertamos, com a secretária Socorro Gadelha, a realização de um trabalho em parceria com as prefeituras para que possamos juntar toda a documentação necessária. Vamos fazer alguns encontros com técnicos de prefeituras para que a gente possa facilitar o credenciamento das pessoas que pretendem conseguir os benefícios previstos no programa”, destacou o deputado.

Estreito

Rocha destacou ainda o trabalho cuja finalidade é apressar a entrega de conjunto habitacional na cidade de Estreito. “As casas estão prontas. Agora precisamos resolver questões burocráticas para que finalmente as famílias possam se mudar, sair do aluguel e começar uma nova etapa nas suas vidas morando em casas próprias”, disse Hildo Rocha.

O Maranhão envergonhado

O deputado federal Hildo Rocha voltou a repercutir na tribuna da Câmara Federal o fracasso do governo comunista. Desta vez, o parlamentar destacou a participação de Rodrigo Gaspar, morador de Cajari, no quadro O Brasil que eu quero.

“Rodrigo Gaspar, mostrou o hospital do Município de Cajari fechado há muito tempo. Por que isso aconteceu? Porque Flávio Dino deixou de repassar às Prefeituras, o repasse mensal Fundo a Fundo da Saúde, recurso para custeio das unidades hospitalares municipais de 20 leitos que muito servem para a comunidade, para que os cidadãos e as cidadãs tenham um hospital de urgência e emergência na cidade”, destacou Hildo Rocha.

O deputado ressaltou que o hospital mostrado no Bom dia Brasil, da Rede Globo, foi construído pelo Governo Roseana Sarney. Segundo o parlamentar assim como aquele hospital fechado existem outros vinte na mesma situação, pois os municípios sem o apoio financeiro do governo do estado não tem condições de bancar sozinhos o funcionamento das unidades hospitalares.

“A governadora Roseana Sarney construiu 64 hospitais, durante a sua gestão. Além  disso, ela ajudava a manter essas unidades de saúde em funcionamento repassando mensalmente, no mínimo, cem mil reais do Fundo Estadual para o Fundo Municipal de Saúde de cada cidade para ajudar no funcionamento dos hospitais. Mas, lamentavelmente o governador Flávio Dino, de forma perversa, cortou os repasses mensais que foram implantados pela governadora Roseana. Dessa forma, muitos municípios tiveram que fechar os hospitais. Com isso, quem sofre é a população”, criticou Hildo Rocha.

Desvio milionário na Saúde

O deputado destacou ainda que desde o último final de semana o Maranhão figura negativamente nos noticiários nacionais por conta da morte de um dos envolvidos num dos maiores escândalos de corrupção do atual governo.

Rocha disse que a soma dos recursos que eram repassados mensalmente para os municípios é de apenas alguns milhares, em moeda nacional. Já o total desviado da Secretaria da Saúde passa de R$ 18 milhões, conforme levantamento dos órgão responsáveis pelas investigações.

“É dinheiro suficiente para bancar muitos hospitais e amenizar o sofrimento de milhares de pessoas. Isso gera revolta e envergonha o nosso estado”, afirmou Hildo Rocha.

Hildo Rocha viabiliza construção de Centro de Convivência de Estreito

A Ordem de Serviço para a construção do Centro de Convivência de Estreito foi assinada pelo prefeito Cicin, no último final de semana. Os recursos foram viabilizados por meio de emenda parlamentar impositiva do deputado federal Hildo Rocha. “Esse é mais um presente que o nosso município ganha. É mais uma conquista alcançada graças ao apoio do deputado Hildo Rocha”, destacou Cicin.

O prefeito lembrou que além de viabilizar os recursos para a construção do Centro de Convivência, o deputado Hildo Rocha conseguiu, durante os três últimos anos, dois veículos para o Programa de Saúde da Família; equipamentos hospitalares; escavadeira hidráulica; patrulha agrícola; recursos para as obras de urbanização da orla do Rio Tocantins; três sistemas simplificados de abastecimento de água; recursos para a pavimentação do Bairro Cibrazem e a pavimentação do acesso à Praia da Cigana e este mês destinou emenda impositiva individual, no valor de R$ 500 mil que serão investidos na construção de duas quadras poliesportivas.

“Eu não poderia deixar de falar do que você tem feito pela nossa cidade, pelo nosso povo, deputado. Nós temos que agradecer os feitos, as realizações. Nós temos buscado, desde a nossa primeira gestão, fazer diferente. Nós temos nos dedicado, nós não estamos brincando. Não estamos aqui para fazer politicagem, estamos aqui é para administrar, para fazer boa gestão com o dinheiro público. Muito obrigado, deputado Hildo Rocha. Que deus abençoe a todos nós e vamos continuar juntos, buscando dias melhores para o nosso município”, afiançou o prefeito Cicero Neco.

A vereadora Mariana Eriberto, representando o poder legislativo local, também destacou o trabalho do deputado Hildo Rocha em prol do município de Estreito. “O Centro de Convivência vai oferecer atividades nas áreas da saúde; assistência social; e educação, entre outras. Assim, a população de estreito vai ter um ambiente comum para participar de várias atividades. Tenho certeza que a sua ajuda, deputado Hildo Rocha, irá crescer. Então sinta-se à vontade, sinta-se acolhido e muito obrigado pela sua parceria”, declarou Mariana.

Projetos aprovados

Hildo Rocha lembrou que tem alcançado êxito na aprovação de propostas de leis, que ele apresentou ao parlamento brasileiro, e conseguiu liberar recursos orçamentários da União para o Governo Estadual e diversos municípios maranhenses. “Tenho trabalhado pelos maranhenses que me fizeram seu representante na Câmara Federal. Dessa forma ajudo os meus conterrâneos contribuindo para melhorar as políticas públicas no nosso estado”, declarou Hildo Rocha.

“Nenhum deputado federal fez por S. J. de Ribamar o que Hildo Rocha está fazendo” Afirma Luís Fernando

“Até hoje, nenhum deputado federal, apoiado em São José de Ribamar, fez o que Hildo Está fazendo”. A declaração é do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, em pronunciamento durante entrega  de equipamentos agrícolas que serão utilizados por produtores de farinha de mandioca do Polo Agrícola da Mata.

Luís Fernando destacou que os equipamentos foram adquiridos pelo governo do estado do Maranhão com recursos do governo federal conseguidos pelo deputado Hildo Rocha. “O governador Flávio Dino recebeu do governo federal recursos para comprar esses equipamentos agrícolas. Hildo Rocha foi quem conseguiu os recursos para comprar esses equipamentos. Com essa ação, o deputado Hildo Rocha, autor da proposição, traz ao polo agrícola da Mata um equipamento que os produtores rurais de São José de Ribamar não conheciam. Agora eles vão ter mais produção, mais produtividade, mais renda. Como não agradecer o que o deputado federal Hildo Rocha está fazendo por São José de Ribamar?”, enfatizou o prefeito.

Recuperação de estradas

Luís Fernando destacou ainda que os recursos para a recuperação da estrada que liga os povoados Bom Jardim a Juçatuba, foram conseguidos pelo deputado Hildo Rocha. “Portanto, minha gente, a buraqueira da estrada dos agricultores está com os dias contados, graças ao deputado Hildo Rocha. Palmas para ele”.

Incentivo ao turismo

O prefeito disse que poucos minutos antes do início da entrega dos equipamentos recebeu a confirmação de que o Ministério do Turismo vai liberar R$ 1 milhão para o município, fruto de emenda do deputado Hildo Rocha. Luís Fernando disse que os recursos serão aplicados na continuidade das obras de duplicação do acesso ao Polo Turístico de Panaquatira.

“É muito bom quando a gente pode agradecer a Deus, não apenas pela dádiva, mas por um sentimento. Eu agradeço a Deus por ter este amigo aqui”, enfatizou Luís Fernando, referindo-se ao deputado federal Hildo Rocha.

“Parte dos ribamarenses me fizeram seu representante em Brasília. Por isso, tenho trabalhado para trazer benefícios para a cidade. Conseguimos aumentar os recursos federais  da saúde, ainda na gestão do ex-prefeito Gil e agora, com Luís Fernando, temos conseguido recursos para recuperar parte da vias públicas, além de outros benefícios como esses para os produtores rurais “, declarou Hildo Rocha.

O evento foi prestigiado pelo deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, por secretários municipais, vereadores e lideranças de várias comunidades ribamarenses.

Deputado critica previsão de recursos públicos para bloqueio de celular em presídios

O deputado Hildo Rocha questionou a decisão da maioria dos líderes partidários de encaminhar o voto pela aprovação do projeto do Senado que obriga a instalação de bloqueadores de celulares em estabelecimentos prisionais.

Hildo Rocha lembrou que a Câmara aprovou recentemente um projeto de autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) que obriga as operadoras de celular a instalar bloqueadores de sinal em estabelecimentos penais. Já o projeto em discussão neste momento prevê que a instalação dos bloqueadores seja feita com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

O Senado não aprova aquele projeto e manda para a Câmara esse projeto aqui, segundo o qual a obrigação financeira pelo bloqueio é do Estado brasileiro. Nós estamos aqui criando despesas para a União exatamente quando temos aprovado várias medidas para contenção de despesas”, criticou Rocha.