Proposta que beneficia mototaxistas avança com auxílio do deputado Hildo Rocha

O deputado federal Hildo Rocha realizou nova ação em defesa da proposta que poderá abrir linha de crédito especial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar a compra de motocicletas, conforme reivindica a Federação Nacional dos Mototaxistas (Fenamoto). “Ao longo dos anos, o BNDES financia grandes grupos empresariais e até projetos fora do nosso país. Então por que não conceder financiamentos aos trabalhadores que exercem a profissão de mototaxistas e motoboys?”, argumentou Hildo Rocha.

A ideia vem ganhando corpo rapidamente. Há poucos dias Rocha se reuniu com o Ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, para tratar do assunto. Agora o deputado voltou a discutir o tema em reunião, solicitada pelo parlamentar, que aconteceu no Palácio do Planalto.

Desta vez, além do ministro Marun, estavam presentes o presidente do BNDES, Paulo Rabelo de Castro; o deputado mineiro Leonardo Quintão; o presidente da Fenamoto, Nonato Alves e o vice-presidente da entidade, Marco Silva, que também responde pela Associação dos Mototaxistas de Açailândia.

De acordo com Hildo Rocha, milhares de trabalhadores e trabalhadoras que exercem a atividade de mototaxistas e motoboy terão mais condições de adquirir novos veículos a custos bem menores. “A compra de motos financiadas por instituições privadas eleva o preço em quase três vezes o valor da compra à vista. A abertura de linha de crédito especial para os mototaxistas e motoboys é apenas uma questão de justiça com uma categoria que trabalha com dificuldades, tem margem de lucro pequena e ainda tem que enfrentar diariamente os perigos do trânsito e outras situações arriscadas”, destacou Hildo Rocha.

Prazos e valores

A proposta da Fenamoto, que foi entregue ao presidente do BNDES, prevê um prazo de até 48 meses para o pagamento dos empréstimos, com o crédito individual entre R$ 12 e R$ 14 mil reais. O documento prevê ainda que o cadastramento dos beneficiários seja inspecionado pela Fenamoto, a fim de evitar que a concessão seja utilizada por pessoas que não exercem a atividade de mototaxistas.

“Vou analisar a proposta e posso adiantar que sou totalmente favorável à abertura de créditos para a categoria porque a materialização dessa proposta será um grande incentivo do banco para o desenvolvimento socioeconômico do nosso país,” afirmou Paulo Rabelo, presidente do BNDES.

Flávio Dino enganou os professores, afirma Hildo Rocha

As falsas promessas de campanha do governador Flávio Dino foram repercutidas pelo deputado federal Hildo Rocha em pronunciamento na tribuna da Câmara. “O governador do Maranhão tem divulgado, nas redes sociais, dizendo que ele cumpre as promessas de campanha. Mas, já no início do último ano de mandato o governador não cumpriu nem 10% daquilo que ele se comprometeu em fazer”, destacou Hildo Rocha.

De acordo com o deputado, Dino enganou os professores da rede pública estadual. “Ele disse que iria fazer uma valorização permanente dos docentes. Mas, o que nós estamos vendo, ao longo desses anos que ele governa o Maranhão, é um grande arrocho salarial contra os professores”, disse o parlamentar.

Reajustes negados

De acordo com o deputado, em três anos os salários dos professores já acumulam uma defasagem de 1/3 (um terço). Em 2016 o governador deveria ter repassado 11.36%; 7.64% em 2017 e 6.8% já no início de 2018. Mas o governador não fez os reajustes e nem fala em fazer. Portanto, essa é mais uma promessa de campanha que o governador Flávio Dino não cumpriu, ressaltou Hildo Rocha.

Hildo Rocha assegura recurso para implantação do Aeroporto Regional de Barra do Corda

A implantação do Aeroporto Regional de Barra do Corda tem sido defendida pelo deputado federal Hildo Rocha desde o início do mandato. Como resultado das ações, o parlamentar conseguiu garantir a inclusão do projeto no Orçamento Geral da União, passo fundamental para a consolidação do pleito.

“Temos boas notícias. As ações que realizamos com o objetivo de assegurar a implantação desse importante empreendimento do governo federal, no nosso Estado, estão ganhando contornos de realidade. Durante audiência que tive com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, fui informado que o projeto está apto, ou seja, a nossa proposta reúne todas as condições para a sua consolidação”, afirmou Hildo Rocha.

A inclusão do projeto no Orçamento para este ano aconteceu graças ao trabalho de articulação que o parlamentar realizou como membro da Comissão Mista do Orçamento (CMO), colegiado composto por apenas 30 deputados e 10 senadores que definem as prioridades orçamentárias do governo federal.

Histórico

Em março de 2015, logo no início do mandato parlamentar, Hildo Rocha realizou a primeira ação em busca de melhorias para a aviação regional no Maranhão. Na ocasião, Rocha foi recebido em audiência pelo então ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha.

A pauta incluiu discussão acerca de projetos para melhorar as condições dos aeroportos de: Barra do Corda; Bacabal; Balsas; Barra do Corda; Barreirinhas; Carolina; Caxias; Imperatriz; Governador Nunes Freire; Pinheiro; Santa Inês; e São João dos Patos, municípios maranhenses que aguardam benefícios previstos no Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional.

Em junho de 2015, Hildo Rocha voltou a defender investimentos na infraestrutura aeroportuária do Maranhão durante audiência conjunta das comissões de Turismo e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Na oportunidade, Rocha solicitou a liberação de equipamentos para que o aeroporto de Imperatriz possa operar com neblina e chuva.

Fato incontestável: Hildo Rocha exerce o mandato parlamentar com devoção e eficácia. Isso faz a diferença.

Povoado Lagoa, em Matões do Norte, ganha abastecimento de água viabilizado por Hildo Rocha

Foi entregue, no último final de semana, o Sistema Simplificado de Abastecimento de Água da comunidade Lagoa, no município de Matões do Norte. A obra foi executada pela Codevasf com recursos federais viabilizados pelo deputado Hildo Rocha. O sistema é composto por poço; caixa d’água; motobomba e rede de distribuição.

“Devemos essa conquista às pessoas que acreditaram, que lutaram para a obtenção desse benefício. Os moradores da comunidade, especialmente alguns jovens que tanto lutaram por essa benfeitoria, nos procuraram, por meio do Vicente Moreno. Também lutaram por esse empreendimento o Valdenê, e outros vereadores do município; a ex-vereadora Dra.Kênia e o ex-vereador Joni Rocha, enfim, um conjunto de pessoas que acreditaram e mostraram que é possível ser feito, desde que haja força de vontade”, destacou Hildo Rocha.

Felicidade

O sorriso estampado no rosto do Sr. Antônio Carlos Martins, simbolizava a felicidade das famílias beneficiadas. “A gente ia buscar água numa bica distante, trazia nos baldes, na cabeça ou então nos botijões, no lombo do jumento. Agora sim, está bom. Ter água nas torneiras era o nosso sonho. Muda muitas coisas porque água é vida água é saúde”, declarou Martins.

“Trazendo projetos como esse, deputado Hildo Rocha, as comunidades irão sim se desenvolver. Isso nos mostra o compromisso de cada um que faz parte dessa história que contribuiu para a realização desse maravilhoso projeto que é trazer água para todos”, enfatizou o presidente da Câmara de Matões, vereador Joaquim da Agricultura.

O vereador Valdenê Cunha também destacou o esforço do deputado Hildo Rocha. “Muito obrigado por mais uma vez você nos ajudar a trazer benefícios para as nossas comunidades. Hoje o povo está sorrindo, com água nas torneiras. O sonho virou realidade”, disse o vereador.

“São atitudes como essa, de pessoas tão especiais, que nos fazem enxergar um novo amanhã, com um futuro melhor, mais próspero. Muito obrigada, declarou a adolescente Fabíola Cardoso, moradora da comunidade beneficiada.

 

Hildo Rocha volta a cobrar construção do Centro de Hemodiálise em Chapadinha

No último final de semana o deputado federal Hildo Rocha (MDB) voltou à cidade de Chapadinha onde, além de se reunir com lideranças e conceder entrevistas, vistoriou as intermináveis obras de construção do Centro de Hemodiálise e do Hospital Regional. O parlamentar constatou que a construção do Centro de Hemodiálise encontra-se totalmente abandonada.

Na mesma data em que Rocha voltou a cobrar o reinício da obra, foi registrada a quarta morte de pacientes que são forçados a enfrentarem estafante deslocamento para São Luís em busca de atendimento nos centros de hemodiálise da capital.

VEJA O VÍDEO:

“Inconcebível a não conclusão dessa unidade de saúde. Toda a população desta região, que precisa fazer sessões de dialise, continua sofrendo. Parece que esse governo não gosta de gente, pois os pacientes continuam indo para Teresina e São Luís tendo que enfrentar cansativas viagens pelo menos duas vezes por semana. Essas pessoas já poderiam estar fazendo o tratamento onde moram, ou, pelo menos, mais próximo de onde residem”, lamentou Hildo Rocha.

 Recursos em caixa

O deputado destacou que a governadora Roseana Sarney conseguiu o terreno com a prefeita da época, Belezinha; conseguiu os recursos financeiros, junto ao BNDES, para construir esse e outros centros de hemodiálises; elaborou o projeto e fez a terraplanagem do local onde já deveria estar funcionando a unidade de saúde.

“Só falta de apreço às pessoas justifica esse descaso. O terreno já totalmente preparado, com água, com energia elétrica e o dinheiro na conta pra fazer esse Centro de Hemodiálise. Mas, a obra está parada há três anos. Essa omissão do governador causa prejuízo para os contribuintes, penaliza a população que precisa de atendimento na rede pública de saúde”, assinalou Hildo Rocha.

Comunidade rural de Matões do Norte ganha Casa de Farinha viabilizada por Hildo Rocha

“Vocês não estão sozinhos. Vocês têm um deputado federal que trabalha, que se esforça para conseguir benefícios para as comunidades”. A citação é do superintendente da Codevasf, Jones Braga, pronunciada durante ato de assinatura da Ordem de Serviço para construção de Unidade de Beneficiamento de Mandioca que será instalada no Assentamento Sozinho, localizado em Matões do Norte.

Braga disse que a obra conquistada pelo deputado Hildo Rocha, junto ao presidente da República, Michel Temer, será construída no prazo de noventa dias. “Essa Casa de Farinha vai proporcionar condições apropriadas para que trabalhadores e trabalhadoras rurais do Assentamento Sozinho possam melhorar a qualidade da farinha produzida na comunidade, aumentar a produtividade e, consequentemente, fortalecer a renda familiar”, destacou.

Realização do Governo Federal

O deputado Hildo Rocha ressaltou que a obra será totalmente custeada pelo governo federal. “Vocês não vão pagar nada por esse benefício. Quem está pagando é o governo federal. Não é a prefeitura nem o governo estadual. É o governo do presidente Michel Temer. Nós apresentamos a demanda e para nossa felicidade fomos atendidos. Dessa forma, estamos contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das famílias que moram no Assentamento Sozinho”.

Participaram do ato: o deputado federal Hildo Rocha; o superintendente da Codevasf, Jones Braga; o representante da Proeng, empresa vencedora da licitação; membros da diretoria da Associação de Moradores; o secretário Esporte de Cantanhede, Cézar Cantanhede; o adjunto de Esporte, Dicó; a vereadora de Cantanhede, Meire do Godor; o técnico agrícola Laércio; o ex-vereador de Matões do Norte, Joni Rocha; e lideranças da região.

Vamos comparar? Flávio Dino e Hildo Rocha, diferença gigantesca

Hildo Rocha cumpriu até o que não prometeu em campanha, já Flávio Dino…

Durante a campanha eleitoral de 2014, Dino se comprometeu em realizar 65 promessas.  Mas, de acordo com o deputado federal Hildo Rocha, apenas oito foram cumpridas. Um fiasco que o governador teima em desconhecer. Diante do fracasso, tenta a todo custo se apossar de obras projetadas, viabilizadas e iniciadas no governo de Roseana Sarney ganhou a alcunha de governador Xexéu, alusão à ave que tem o hábito de se apossar de ninhos feitos por outras espécies. Veja o vídeo.

Duplicação da BR-135

Dino parece gostar do codinome pois insiste em se apossar de realizações de outros governantes. O episódio mais recente aconteceu durante a inauguração do primeiro trecho da duplicação da BR-135, obra bancada 100% com recursos federais. Um espalhafatoso secretário do governo Dino chegou a divulgar nas redes sociais que a obra era uma realização do governo estadual. Haja peroba.

Todos sabem que Flávio Dino tentou remanejar a emenda de bancada impositiva dos deputados e senadores do Maranhão para o fundo de escola digna. Acontece que para essa finalidade existem recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Hildo Rocha não aceitou, bateu de frente com o comunista, pois sabia que a única forma de assegurar recursos suficientes para a conclusão da primeira etapa da obra, entre Estiva e Bacabeira, seria destinando a emenda de bancada para o término do empreendimento. Os deputados e senadores entenderam tiveram o mesmo entendimento. Os benefícios chegaram. Releia aqui.

Ameaças e intimidações

Embora tenha tentado fazer o remanejamento de verbas, fato que fatalmente iria inviabilizar a conclusão da obra, Dino tentou se apossar do empreendimento. Prova cabal é Dino na solenidade de inauguração, Dino queria falar por último, sendo que por questões protocolares caberia ao ministro dos transportes encerrar o evento.

Diante das negativas, Dino chegou ao cúmulo de intimidar a cerimonialista do Governo Federal que coordenou a solenidade. Dino ameaçou chamar a polícia. Disse que poderia mandar prendê-la por desacato. Ato vergonhoso, ridículo, lamentável.

Gato por Lebre

Não é de hoje que Dino vende Gato por Lebre. Em fevereiro do ano passado em propaganda enganosa do governo Dino alardeou que o Maranhão ocupava o segundo lugar no quesito salários de professores. Mais uma falácia do governo comunista. A lorota gerou revolta na categoria. Dino foi desmentido com veemência. O episódio repercutiu na Câmara Federal. Veja o vídeo. 

Um exemplo louvável

Enquanto Dino envergonha o Maranhão, alguns políticos fazem de tudo para dignificar o mandato. Um exemplo emblemático é o deputado federal Hildo Rocha. O parlamentar elegeu-se defendendo a bandeira do municipalismo. Não decepcionou. Foram necessários apenas nove meses de mandato para o parlamentar conquistar a confiança e o reconhecimento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), maior entidade municipalista do país.  Veja o vídeo.

Ações relevantes

O reconhecimento decorre, entre outros fatores, da atuação em comissões cujos temas convergem para a pauta municipalista: Desenvolvimento Urbano; Finanças e Tributação; Constituição e Justiça; Fiscalização Financeira e Controle; Pacto Federativo e da Reforma Tributária.

Na Comissão de Desenvolvimento Urbano o parlamentar tem sido combativo defensor de ações em favor da melhoria da infraestrutura dos municípios; tem defendido melhorias das rodovias federais; luta, com notória insistência, pela continuidade da duplicação da BR-135 e tem buscado soluções para problemas que ocasionam atrasos nas obras do Programa Minha Casa Minha Vida.

A atuação de Hildo Rocha nas comissões de Finanças e Tributação; Constituição e Justiça; Fiscalização Financeira e Controle; Pacto Federativo e da Reforma Tributária foram decisivas para assegurar melhorar a arrecadação e aliviar crise financeira dos municípios. Rocha propôs a redefinição das regras de arrecadação e patilha do ISS; chamou entidades representativas para debaterem a pauta de reivindicações de interesse dos municípios brasileiros; ouviu os mais renomados especialistas em tributação e debateu o tema com entidades empresariais. Os resultados são inegáveis. As mudanças incluídas na nova legislação do ISS confirmam.

Lei do ISS

As mudanças na legislação do ISS foram efetivadas por meio da Lei Complementar 157/2016, que reformula as normas de arrecadação e distribuição do Imposto Sobre Serviços (ISS). Os parlamentares Hildo Rocha (PMDB/MA) e Soraya Santos (PMDB/RJ) conseguiram incluir no novo regulamento proposta que assegura a todos os municípios o direito de arrecadar o ISS (Imposto Sobre Serviços) de operações com cartões de crédito/débito. Antes esses recursos eram destinados apenas aos municípios Paulistas.

Estudos da CNM indicam que a arrecadação desses tributos ultrapassa R$ 6 bilhões. Antes, os recursos eram recolhidos em favor dos municípios onde estão instaladas as administradoras de cartões. Isso mudou. Com a aprovação da emenda de plenário, o que antes ficava concentrado em pouco mais de 30 localidades passou a distribuído para todos os municípios brasileiros. Veja o vídeo.

Comparação

A título de ilustração, essa conquista irá proporcionar à capital do Maranhão, São Luis, condições para que o município arrecade R$ 60 milhões de Reais por ano. Isso faz muita diferença.

Flávio Dino fracassou, seu governo é só propaganda. Uma lástima. Hildo Rocha é diferente. Trabalha, apresenta resultados, honra os compromissos, dignifica o mandato. A prova mais significativa é o reconhecimento da maior entidade municipalista do país. O Maranhão aplaude, Brasil agradece.

Duplicação da BR-135 é entregue pelo governo federal

Os ministros Maurício Quintella, Moreira Franco e Sarney Filho (PV) – do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação; da Secretaria-Geral da Presidência da República e do Meio Ambiente -, respectivamente, inauguraram ontem trecho de 11 quilômetros da obra de duplicação da BR-135, situado entre a Estiva e o município de Bacabeira.

O ato, que contou com a presença dos senadores Edison Lobão e João Alberto, ambos dos MDB e que chegaram na comitiva dos ministros, foi realizado no KM 25 da rodovia federal.

Ao entregar a obra, o ministro Quintella destacou o empenho do deputado federal Hildo Rocha (MDB) e da bancada federal maranhense pela conclusão dos serviços e reafirmou o compromisso do governo Michel Temer (MDB) com o Maranhão.

“Esse Governo [Michel Temer] resolveu concluir as obras que haviam sido iniciadas, mas estavam abandonas. E hoje, graças a Deus, a cada dia temos agenda de inauguração num estado diferente. […] Essa é uma obra especial. É especial, pela luta da bancada, que colocou emenda de mais de R$ 164 milhões do orçamento impositivo para que a gente pudesse cumprir. É uma obra de engenharia complexa que merece ser comemorada”, disse.

O ministro afirmou que outras obras serão inauguradas pelo Governo Temer, no Maranhão ao longo do ano. “Hoje estamos liberando o trânsito nesse trecho. Até o fim do mês vamos entregar o viaduto em Bacabeira, vamos concluir a pavimentação da pista antiga, já temos mais de R$ 100 milhões garantidos para os lotes 2 e 3 da duplicação e temos orçamento e uma determinação do presidente: se faltar dinheiro, é para mandar mais, para que as obras sejam concluídas”, completou.

Moreira Franco falou sobre a determinação de Temer em dar continuidade às obras federais no estado, por meio do programa ‘Agora é Avançar’ e assegurou prioridade ao Maranhão. “Em breve vamos estar aqui de novo para entregar mais uma obra que o presidente Michel Temer recebeu paralisada. Em março vamos inaugurar o berço 108 do Porto do Itaqui, para que possamos aumentar a capacidade desse importante porto para o crescimento e progresso do nosso país”, enfatizou.

Sarney Filho também destacou a determinação do presidente da República em concluir as obras federais no Maranhão e conclamou a classe política a celebrar o momento, que marcou a inauguração do trecho da obra duplicada da rodovia.

“O momento é de celebrar. Porque quando o presidente Michel Temer assumiu, todas obras estavam paradas. Não tinha estrada, não tinha transporte escolar, não tinha ambulância, evidentemente fruto de uma crise jamais vista no Brasil, da recessão. […] O benefício agora chegou. Eu participei da entrega de casas, do Minha Casa Minha Vida em vários municípios, e todas as elas foram recomeçadas depois que a economia entrou nos trilhos […]. O importante agora é aproveitar o momento para trazer benefícios ao Maranhão. Benefícios como esse [duplicação da BR-135]. É dentro dessa perspectiva que vamos continuar a nossa luta”, finalizou.

Deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, vereadores e o governador Flávio Dino (PCdoB), também participaram da solenidade.

Vexame

Durante o discurso do deputado federal Hildo Rocha (MDB), o presidente do Procon, Duarte Júnior e o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, protagonizaram cenas vexatórias. Eles xingaram o parlamentar e tentaram atrapalhar o discurso. A manifestação dos auxiliares de Flávio Dino (PCdoB) foi acompanhada por vaias de servidores militantes que acompanhavam o ato.

Lideranças destacam empenho de Roseana Sarney pela obra

O senador Edison Lobão (MDB), o ministro Sarney Filho (PV) e o deputado federal Hildo Rocha (MDB), destacaram o empenho da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), junto ao Governo Federal, pela realização da obra de duplicação da BR-135.

Ao manifestar-se sobre o empreendimento, Lobão lembrou fez referência à emedebista e ao trabalho da bancada maranhense no Congresso, que destinou a emenda impositiva.

Hildo Rocha, por sua vez, afirmou que Roseana foi quem primeiro se mobilizou pela realização da obra e destacou a articulação da emedebista junto ao Governo Federal. “A ex-governadora Roseana Sarney teve papel preponderante para a realização desta obra”, disse.

“Essa é uma obra que teve as mãos de muitas pessoas. Iniciada em 2012, ainda no governo da presidente Dilma – e quem governava o estado era Roseana Sarney -, foi a pessoa que conseguiu fazer com que essa rodovia fosse planejada, projetada e executada”, completou.

O ministro Sarney Filho também falou da mobilização de Roseana pela realização da obra. “Sem dúvida houve um empenho muito grande da ex-governadora e a inauguração hoje não deixa de ser consequência desse empenho”, finalizou.

 

De O Estado/Ronaldo Rocha

A sinceridade de Hildo Rocha e a desfaçatez de Flávio Dino

Durante a cerimônia de liberação do tráfego em pista dupla na Rodovia BR-135, o deputado Hildo Rocha citou um estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT) que colocou o Maranhão entre os piores estados da federação no quesito rodovias estaduais. A citação causou alvoroço, afinal, Flávio Dino não suporta críticas, odeia ouvir verdades. A reação foi imediata. Alguns secretários de Estado não se sentiram constrangidos em vaiar e xingar o deputado enquanto este discursava.

Logo depois foi a vez de Flávio Dino reagir às críticas. “As querelas políticas devem ser deixadas para o período da campanha eleitoral”, bradou o governador. A frase até poderia ser interpretada como um gesto de cordialidade se não tivesse sido pronunciada por um governante raivoso, vingativo, contraditório e dissimulado.

Quem passa o dia todo nas redes sociais estimulando o ódio contra adversários políticos tem autoridade para dizer que querelas políticas devem ser deixadas para o período das campanhas?  Haja peroba.

Mas, a desfaçatez do governador torna-se irrelevante quando o comunista decide pôr em prática outro viés da sua personalidade: a truculência. Dino causou constrangimentos ao cerimonial do Ministério dos Transportes ao exigir a quebra do protocolo. Queria falar por último. Chegou ao cúmulo de ameaçar chamar a polícia para fazer valer a sua vontade. A cerimonialista precisou ser firme para enfrentar o “coronel comunista”. O protocolo foi mantido.

Dino tenta a todo custo vender a imagem de competente, educado, inteligente, cortês e portador de invejável arcabouço intelectual. Mas as atitudes de adolescente birrento e mimado mostram que Dino é apenas personificação da metamorfose ambulante, é só gogó.

Hildo Rocha costuma agir com sinceridade, diz o que pensa, de forma franca, sem rodeios, sem medo, não dissimula. Isso é virtude, traço de personalidade que falta a Flávio Dino, o rei da dissimulação.

Flávio Dino tenta novamente, tirar proveito de obra alheia…

Comunista dispara convites para entrega da duplicação da BR-135, sem que sequer tenha agido em favor da obra; pelo contrário, tentou tirar dinheiro dela, em 2015, segundo revela o deputado Hildo Rocha; inauguração, nesta quinta-feira, se dará com o ministro Maurício QuintelaO governador Flávio Dino (PCdoB) tenta, nesta quinta-feira, 11, mais uma vez, confundir a opinião pública e faturar em obra que não é sua. Desde ontem, o Palácio dos Leões dispara convites à classe política e empresarial para entrega da obra de duplicação da BR-135, no trecho entre Estreito dos Mosquitos e Bacabeira.

A obra será entregue, na verdade, pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintela, que chega a São Luís ao lado do deputado federal Hildo Rocha (PMDB), principal ator na cobrança pela realização da obra.

Flávio Dino nunca moveu uma palha sequer pela duplicação da BR-135. Pelo contrário, ele tentou, em 2015, retirar dinheiro da obra para levá-lo ao projeto “Escola Digna”. Só não conseguiu diante da pressão do próprio Hildo Rocha.

“Foi iniciativa minha a inclusão de uma emenda impositiva da bancada para a duplicação da BR-135. Mas o governador queria desviar o dinheiro para seu projeto, que nunca saiu do papel. É cínico que ele, agora, venha tentar tirar proveito da conclusão”, criticou Rocha.

A obra será entregue pelo ministro e por membros da bancada maranhense.

E Flávio Dino, obviamente posará como mero papagaio de pirata…

 

Do blog do Marco Aurélio D’Eça