Pioneirismo da UEMA será celebrado em Sessão Solene na Câmara dos deputados

Por iniciativa do deputado Hildo Rocha, será realizada segunda-feira (23) Sessão Solene em homenagem aos 20 anos da implantação da UemaNet. O passo decisivo para o surgimento da UemaNet aconteceu em 1998 com a criação do Programa para formação de professores leigos que atuavam na rede pública de ensino municipal do Maranhão. Assim nascia o Núcleo de educação a Distância (Nead), que posteriormente veio a se transformar no Núcleo de Tecnologias para Educação (UemaNet).

Em 2001 o Ensino a Distância (EAD) da Uema foi credenciada pelo MEC. A instituição foi a 8ª Universidade Púbica  do Brasil e primeira do Nordeste a receber esse credenciamento. O primeiro curso de Bacharelado a distância da UEMA foi em Administração.

Hoje, ao completar 20 anos de atividades a UemaNet disponibiliza cursos na modalidade de educação a distância abrangendo três níveis de ensino: Técnicos, Graduação e Pós-Graduação. A instituição oferece suporte tecnológico e logístico aos cursos a distância e também, aos presenciais.

Legado de Roseana Sarney

UemaNet é o resultado do grande impulso administrativo e tecnológico que a Universidade Estadual do Maranhão recebeu durante a gestão da então governadora Roseana Sarney.

Mais de 40 mil alunos, de 217 municípios maranhenses, tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em um dos cursos distância nas modalidades: aperfeiçoamento; técnico; licenciatura; bacharelado; tecnólogo e pós-graduação.

Atualmente a universidade disponibiliza 56 polos de apoio presencial; 14 cursos técnicos; 4 cursos de graduação; 6 cursos de pós-graduação; 7 cursos abertos e vários cursos de aperfeiçoamento.

A iniciativa do deputado Hildo Rocha, de homenagear a Universidade Estadual do Maranhão é compreensível. Primeiro, pelos relevantes serviços que a UEMA presta ao Maranhão. Por fim, deve-se considerar também os laços afetivos, afinal, foi nessa gloriosa instituição de ensino superior que o parlamentar obteve a sua graduação em Administração, no final da década de 80.Trata-se, portanto, de uma justa homenagem.

O Maranhão envergonhado

O deputado federal Hildo Rocha voltou a repercutir na tribuna da Câmara Federal o fracasso do governo comunista. Desta vez, o parlamentar destacou a participação de Rodrigo Gaspar, morador de Cajari, no quadro O Brasil que eu quero.

“Rodrigo Gaspar, mostrou o hospital do Município de Cajari fechado há muito tempo. Por que isso aconteceu? Porque Flávio Dino deixou de repassar às Prefeituras, o repasse mensal Fundo a Fundo da Saúde, recurso para custeio das unidades hospitalares municipais de 20 leitos que muito servem para a comunidade, para que os cidadãos e as cidadãs tenham um hospital de urgência e emergência na cidade”, destacou Hildo Rocha.

O deputado ressaltou que o hospital mostrado no Bom dia Brasil, da Rede Globo, foi construído pelo Governo Roseana Sarney. Segundo o parlamentar assim como aquele hospital fechado existem outros vinte na mesma situação, pois os municípios sem o apoio financeiro do governo do estado não tem condições de bancar sozinhos o funcionamento das unidades hospitalares.

“A governadora Roseana Sarney construiu 64 hospitais, durante a sua gestão. Além  disso, ela ajudava a manter essas unidades de saúde em funcionamento repassando mensalmente, no mínimo, cem mil reais do Fundo Estadual para o Fundo Municipal de Saúde de cada cidade para ajudar no funcionamento dos hospitais. Mas, lamentavelmente o governador Flávio Dino, de forma perversa, cortou os repasses mensais que foram implantados pela governadora Roseana. Dessa forma, muitos municípios tiveram que fechar os hospitais. Com isso, quem sofre é a população”, criticou Hildo Rocha.

Desvio milionário na Saúde

O deputado destacou ainda que desde o último final de semana o Maranhão figura negativamente nos noticiários nacionais por conta da morte de um dos envolvidos num dos maiores escândalos de corrupção do atual governo.

Rocha disse que a soma dos recursos que eram repassados mensalmente para os municípios é de apenas alguns milhares, em moeda nacional. Já o total desviado da Secretaria da Saúde passa de R$ 18 milhões, conforme levantamento dos órgão responsáveis pelas investigações.

“É dinheiro suficiente para bancar muitos hospitais e amenizar o sofrimento de milhares de pessoas. Isso gera revolta e envergonha o nosso estado”, afirmou Hildo Rocha.

Governo Flávio Dino foi omisso na prevenção das catástrofes no Estado, afirma Hildo Rocha

Imagem da internet (Tuntum)

O deputado federal Hildo Rocha repercutiu, nesta quarta-feira, na tribuna da Câmara Federal, a situação de calamidade pública vivenciada por dezenas de cidades maranhenses em consequência de inundações. De acordo com o parlamentar, se o governo estadual tivesse trabalhado em parceria com os municípios avisando os mesmos sobre as pancadas de chuvas, muitas famílias não teriam tido o prejuízo que tiveram.

O deputado disse que há bastante tempo os institutos de monitoramento dos riscos de acidentes vinham avisando que iria chover intensamente em algumas regiões do Maranhão. “O governo estadual foi avisado antecipadamente, mas nada fez, não adotou as medidas necessárias para evitar os prejuízos, não repassou as informações para as prefeituras e moradores. Agora, milhares de famílias estão desabrigadas e com enormes prejuízos. Faltou ação do governo estadual, não transmitiram as informações de maneira  adequada as”, destacou Hildo Rocha.

Imagem da internet (Marajá do Sena)

De acordo com o parlamentar, se as famílias tivessem recebido a devida comunicação em tempo hábil as mesmas teriam tido tempo para se preparar e retirar seus móveis e eletrodomésticos. “O governo estadual foi omisso. Como resultado dessa omissão, milhares de famílias perderam móveis, geladeiras, fogões, televisores e outros bens. Os prejuízos são enormes”, destacou Hildo Rocha.

Situação preocupante

O deputado ressaltou que Tuntum, Presidente Dutra, Joselândia, São Domingos do Maranhão, Dom Pedro, entre outros municípios da bacia do Mearim, enfrentam graves problemas. “Os temporais  destruíram estradas municipais, pontes, ruas, praças, bueiros, casas e prédios públicos causando transtornos para a população. Foi um grande erro do governo do Estado não ter feito um trabalho preventivo para evitar esses acidentes da natureza que poderiam ter sido evitados se tive uma melhor comunicação”, disse Hildo Rocha.

Hildo Rocha solicita ajuda do governo federal para Marajá do Sena

O deputado Hildo Rocha além de fazer pronunciamento na tribuna da Câmara Federal em solidariedade à população de Marajá do Sena se reuniu com o Coronel Renato Newton Ramlow, Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, para pedir ajuda do governo federal em favor da população do município que foi afetado por forte enchente, nos últimos dias.

“A população de Marajá do Sena encontra-se em situação dramática em consequência da grande inundação que atingiu o município. Com o intuito de contribuir para agilizar as providências necessárias, estive reunido com o Coronel Newton que prontamente se colocou à disposição do governo municipal e explicou o que deve ser feito para que a ajuda chegue com a maior brevidade possível”, destacou Hildo Rocha.

O deputado disse que o Prefeito Lindomar Araújo elaborou um plano de trabalho que já está sendo analisado pelo Ministério da Integração, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. “A prefeitura do município terá pela frente grandes desafios porque os prejuízos são imensos. Estradas e pontes terão que ser reconstruídas, prédios e outros imóveis do patrimônio público também foram afetados. Então, solicitei a ajuda do Governo Federal porque a população está sofrendo muito com tudo que aconteceu e precisa de ajuda, o mais rápido possível”, declarou o parlamentar.

“Quero, portanto, agradecer ao coronel Renato pela gentileza e pelas informações que ele repassou a fim de que possamos contribuir de forma rápida e eficiente”, enfatizou Hildo Rocha.

Hildo Rocha viabiliza construção de Centro de Convivência de Estreito

A Ordem de Serviço para a construção do Centro de Convivência de Estreito foi assinada pelo prefeito Cicin, no último final de semana. Os recursos foram viabilizados por meio de emenda parlamentar impositiva do deputado federal Hildo Rocha. “Esse é mais um presente que o nosso município ganha. É mais uma conquista alcançada graças ao apoio do deputado Hildo Rocha”, destacou Cicin.

O prefeito lembrou que além de viabilizar os recursos para a construção do Centro de Convivência, o deputado Hildo Rocha conseguiu, durante os três últimos anos, dois veículos para o Programa de Saúde da Família; equipamentos hospitalares; escavadeira hidráulica; patrulha agrícola; recursos para as obras de urbanização da orla do Rio Tocantins; três sistemas simplificados de abastecimento de água; recursos para a pavimentação do Bairro Cibrazem e a pavimentação do acesso à Praia da Cigana e este mês destinou emenda impositiva individual, no valor de R$ 500 mil que serão investidos na construção de duas quadras poliesportivas.

“Eu não poderia deixar de falar do que você tem feito pela nossa cidade, pelo nosso povo, deputado. Nós temos que agradecer os feitos, as realizações. Nós temos buscado, desde a nossa primeira gestão, fazer diferente. Nós temos nos dedicado, nós não estamos brincando. Não estamos aqui para fazer politicagem, estamos aqui é para administrar, para fazer boa gestão com o dinheiro público. Muito obrigado, deputado Hildo Rocha. Que deus abençoe a todos nós e vamos continuar juntos, buscando dias melhores para o nosso município”, afiançou o prefeito Cicero Neco.

A vereadora Mariana Eriberto, representando o poder legislativo local, também destacou o trabalho do deputado Hildo Rocha em prol do município de Estreito. “O Centro de Convivência vai oferecer atividades nas áreas da saúde; assistência social; e educação, entre outras. Assim, a população de estreito vai ter um ambiente comum para participar de várias atividades. Tenho certeza que a sua ajuda, deputado Hildo Rocha, irá crescer. Então sinta-se à vontade, sinta-se acolhido e muito obrigado pela sua parceria”, declarou Mariana.

Projetos aprovados

Hildo Rocha lembrou que tem alcançado êxito na aprovação de propostas de leis, que ele apresentou ao parlamento brasileiro, e conseguiu liberar recursos orçamentários da União para o Governo Estadual e diversos municípios maranhenses. “Tenho trabalhado pelos maranhenses que me fizeram seu representante na Câmara Federal. Dessa forma ajudo os meus conterrâneos contribuindo para melhorar as políticas públicas no nosso estado”, declarou Hildo Rocha.

“Nenhum deputado federal fez por S. J. de Ribamar o que Hildo Rocha está fazendo” Afirma Luís Fernando

“Até hoje, nenhum deputado federal, apoiado em São José de Ribamar, fez o que Hildo Está fazendo”. A declaração é do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, em pronunciamento durante entrega  de equipamentos agrícolas que serão utilizados por produtores de farinha de mandioca do Polo Agrícola da Mata.

Luís Fernando destacou que os equipamentos foram adquiridos pelo governo do estado do Maranhão com recursos do governo federal conseguidos pelo deputado Hildo Rocha. “O governador Flávio Dino recebeu do governo federal recursos para comprar esses equipamentos agrícolas. Hildo Rocha foi quem conseguiu os recursos para comprar esses equipamentos. Com essa ação, o deputado Hildo Rocha, autor da proposição, traz ao polo agrícola da Mata um equipamento que os produtores rurais de São José de Ribamar não conheciam. Agora eles vão ter mais produção, mais produtividade, mais renda. Como não agradecer o que o deputado federal Hildo Rocha está fazendo por São José de Ribamar?”, enfatizou o prefeito.

Recuperação de estradas

Luís Fernando destacou ainda que os recursos para a recuperação da estrada que liga os povoados Bom Jardim a Juçatuba, foram conseguidos pelo deputado Hildo Rocha. “Portanto, minha gente, a buraqueira da estrada dos agricultores está com os dias contados, graças ao deputado Hildo Rocha. Palmas para ele”.

Incentivo ao turismo

O prefeito disse que poucos minutos antes do início da entrega dos equipamentos recebeu a confirmação de que o Ministério do Turismo vai liberar R$ 1 milhão para o município, fruto de emenda do deputado Hildo Rocha. Luís Fernando disse que os recursos serão aplicados na continuidade das obras de duplicação do acesso ao Polo Turístico de Panaquatira.

“É muito bom quando a gente pode agradecer a Deus, não apenas pela dádiva, mas por um sentimento. Eu agradeço a Deus por ter este amigo aqui”, enfatizou Luís Fernando, referindo-se ao deputado federal Hildo Rocha.

“Parte dos ribamarenses me fizeram seu representante em Brasília. Por isso, tenho trabalhado para trazer benefícios para a cidade. Conseguimos aumentar os recursos federais  da saúde, ainda na gestão do ex-prefeito Gil e agora, com Luís Fernando, temos conseguido recursos para recuperar parte da vias públicas, além de outros benefícios como esses para os produtores rurais “, declarou Hildo Rocha.

O evento foi prestigiado pelo deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, por secretários municipais, vereadores e lideranças de várias comunidades ribamarenses.

Deputado critica previsão de recursos públicos para bloqueio de celular em presídios

O deputado Hildo Rocha questionou a decisão da maioria dos líderes partidários de encaminhar o voto pela aprovação do projeto do Senado que obriga a instalação de bloqueadores de celulares em estabelecimentos prisionais.

Hildo Rocha lembrou que a Câmara aprovou recentemente um projeto de autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) que obriga as operadoras de celular a instalar bloqueadores de sinal em estabelecimentos penais. Já o projeto em discussão neste momento prevê que a instalação dos bloqueadores seja feita com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

O Senado não aprova aquele projeto e manda para a Câmara esse projeto aqui, segundo o qual a obrigação financeira pelo bloqueio é do Estado brasileiro. Nós estamos aqui criando despesas para a União exatamente quando temos aprovado várias medidas para contenção de despesas”, criticou Rocha.

Hildo Rocha consegue viabilizar 500 casas para o município de Estreito

O Presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, garantiu ao deputado federal Hildo Rocha e ao prefeito Cicero Neco (Cicin), que no próximo mês a instituição irá fazer a entrega de 500 casas, no município  de Estreito. O anúncio aconteceu durante audiência do parlamentar que contou com a participação do vice-presidente do setor de Habitação, Nelson de Souza e diretores de diversos setores da CEF.

 “Durante o encontro tratamos de diversos assuntos de interesses dos maranhenses. O prefeito Cicin (Estreito), que me acompanhou nessa reunião, pleiteia a entrega de um empreendimento habitacional e demanda também recursos para outros empreendimentos em benefício da população”, destacou Hildo Rocha.

Além da cidade de Estreito, outros municípios serão beneficiados com a entrega de imóveis, nos próximos dias. Até abril  novos contratos serão assinados, assegurando assim a ampliação da oferta de casas populares para o nosso Estado, destacou Hildo Rocha.

Avançar Cidades

Rocha informou ainda que tratou sobre projetos no âmbito do Programa Avançar Cidades. “Os municípios de São José de Ribamar e Estreito pleiteiam recursos para melhorias da mobilidade urbana. Nós discutimos sobre o andamento dessas e de outras demandas de interesses da população maranhense”, declarou o parlamentar.

Avanços consideráveis

De acordo com o deputado, o trabalho que ele tem realizado junto à CEF tem apresentado bons resultados. “Estamos avançando  e superando as dificuldades. Esse é o nosso papel, na condição de Deputado Federal, de representante dos municípios maranhenses no Congresso, nos Ministérios e demais órgãos da administração federal”,  disse Hildo Rocha.

Hildo Rocha faz manifesto público em defesa dos professores do Maranhão

O deputado federal Hildo Rocha ocupou a tribuna da Câmara para, mais uma vez, se solidarizar com os professores e professoras da rede pública estadual. De acordo com o parlamentar, o governador Flávio Dino continua enganando os professores e mentindo para a população.

Rocha ressaltou que a defasagem nos salários dos professores é de aproximadamente 31%. O parlamentar explicou que a origem desse débito está na falta de reajustes nos anos de 2016, 2017 e 2018. “Agora o governador alardeia que deu um grande reajuste aos professores, mas o reajuste dele é de apenas 6%, ainda dividido, sem retroatividade. É mais um ato de enganação porque ele ainda deve 25%. Dessa forma ele continua desrespeitando a lei do estatuto do magistério do Maranhão e demais leis nacionais. Além disso, não se trata de aumento e sim de reajuste para repor as perdas oriundas da inflação”, destacou.

R$ 36 mil para cada professor

O deputado disse que ao negar os reajustes devidos pelo governo do estado, Flávio Dino está tirando de cada professor R$ 1.000 por mês em média. “Até o fim do ano, cada professor e cada professora deixará de receber cerca de R$12 mil. Isso sem contar o débito equivalente a R$ 36 mil oriundos dos percentuais acumulados que o Flávio Dino não pagou e nem vai pagar. Então ele acha que está favorecendo a categoria, mas na verdade está apenas enganando os professores”, enfatizou Hildo Rocha.

Ficou só na promessa

O parlamentar disse que o governador está apenas tentando suavizar o desgaste porque no seu programa de governo Dino prometeu que iria valorizar a categoria permanentemente. “Ficou só na promessa de campanha. Na verdade, ele achatou os salários e não oferece condições de trabalho para os profissionais da educação. Poderia ter modernizado as salas de aula, mas não fez. Falta computadores, as carteiras estão quebradas, um caos total”, afirmou Hildo Rocha.

Hildo Rocha consegue liberação de 15 mil Casas Populares para o Maranhão

Deputado federal Hildo Rocha com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy

Esta semana, o deputado federal Hildo Rocha voltou a se reunir com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, com o objetivo de discutir o processo de liberação de casas populares para o Maranhão e debater ações previstas no Programa Avançar Cidades.  “Depois de muitas idas e vindas conseguimos liberar 15 mil casas para famílias que residem em áreas rurais do Maranhão”, destacou o parlamentar.

Conquistas derivam do trabalho na CMO

Rocha disse que as conquistas só se tornaram possíveis graças ao trabalho que ele realizou na Comissão Mista do Orçamento (CMO), onde conseguiu aprovar dotação orçamentária para este ano, nos setores da habitação e da infraestrutura, entre outros setores.“Agora, vamos trabalhar para tocar em frente os projetos já iniciados e buscar a aprovação de novos investimentos para o Estado. Os municípios de São José de Ribamar e Estreito, por exemplo, já tiveram as propostas iniciais aprovadas pela Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana”, disse Hildo Rocha.

Análises

O deputado explicou que as propostas serão analisadas pela Caixa Econômica Federal que irá avaliar a capacidade de endividamento das duas cidades. “Com a liberação dos recursos os prefeitos Cicin e Luís Fernando poderão resolver problemas de mobilidade urbana que importunam a vida dos cidadãos. A expectativa é de que ainda no primeiro semestre deste ano os dois municípios recebam os recursos que serão investidos em obras de pavimentação e requalificação de vias. Além desses dois municípios existem dezenas de projetos que, se aprovados, irão beneficiar outros municípios maranhenses”, afiançou Rocha.

Ações consistentes

Insistir, persistir, não desistir. Partindo dessas premissas, o deputado federal Hildo Rocha vem conquistando significativos benefícios para o Maranhão. O deputado ressaltou que mesmo em condições normais não é fácil resolver as demandas da população. “Em momentos de crise isso se torna ainda mais complicado. Então, as dificuldades só serão superadas com muito trabalho. Não podemos desanimar, temos que acreditar, lutar e resolver, se não tudo, pela menos grande parte das demandas da população. Por isso, trabalho intensamente, diariamente. Com fé, dedicação integral, força e esperança. Graças a Deus, temos alcançado bons resultados”, explicou Hildo Rocha.

Fica evidenciado que Hildo Rocha não espera acontecer. O parlamentar mantém vigília permanente, acompanha atentamente o andamento das suas reivindicações e trabalha com tenacidade para conseguir benefícios para o Estado que o elegeu para representá-lo no congresso nacional. Está honrando o mandato.