Após Temer vetar recriação de imposto sindical que tirava 3 bilhões de reais dos trabalhadores, centrais convocam pelegos para protestar

Após o não definitivo do presidente Michel Temer sobre a recriação do imposto sindical, veio a choradeira. As principais centrais sindicais do Brasil se reuniram na noite desta segunda-feira (6), e decidiram convocar um mega protesto contra o fim da mamata que lhes garantia uma mamata de nada menos que R$ 3 bilhões, arrancados dos bolsos dos trabalhadores através do extinto imposto sindical obrigatório.

Embora a convocação do protesto esteja sendo feita com base na alegação da entrada em vigor da reforma trabalhista e a aprovação da previdenciária, todos sabem que o foco da revolta dos sindicalistas é a determinação de Michel Temer em acabar com o oxigênio de mais de 400 mil sindicalistas que viviam até agora às custas do famigerado imposto sindical, equivalente a um dia de trabalho suado de cada brasileiro.

Em São Paulo, está programada uma concentração na Praça da Sé com destino à Avenida Paulista, no dia 10.

Temer já avisou que não recua e que também não pretende criar nenhuma alternativa para recompor as perdas dos sindicatos, como propor uma medida provisória que beneficie as entidades trabalhistas, que deixarão de receber o imposto sindical a partir da semana que vem. Serão R$ 2.9 bilhões a mais no bolso do trabalhador. Já os sindicalistas terão que arrumar outro sustento.

2 ideias sobre “Após Temer vetar recriação de imposto sindical que tirava 3 bilhões de reais dos trabalhadores, centrais convocam pelegos para protestar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *